Diário de uma viagem alemã

segunda-feira, fevereiro 14, 2005

Já estou em Berlim, mas a viagem foi difícil!

Uns avisos antes: NAO ESTOU CONSEGUINDO ACESSAR O MEU GMAIL DAQUI DA ESCOLA! Quem for me mandar um e-mail, mande pro gmail COM CÓPIA pro igorcananea@hotmail.com!
A partir de agora, todos os meus relatos que tiverem hora sera da hora local de Berlim. Para saber a hora em Recife, subtraia 4 horas. Agora vamos aos relatos :)

Pense numa resenha pra chegar em Berlim! Acho que eu nunca torei tanto o aco quanto nessa viagem! Mas vamos por partes.
Primeiro, a viagem pra Madri foi cansativo. Foram 9 horas de vôo, das quais umas 2 foi só de turbulência. A cadeira inclinava uns 10 graus só, ou seja, eu nao conseguia dormir. Fora a catinga perto do banheiro, nao por causa do banheiro, mas por alguém (ou muitas pessoas) estava com suvaqueira!

Quando eu finalmente cheguei em Madri, enfrentei uma pequena fila para passar pela imigracao. E quando eu chego no balcao, apresentado todos os meus documentos, o seguinte diálogo ocorreu:

Seu Polícia: Vais fazer o que em Berlim?
Eu: Estudar alemao.
SP: E por que voce nao tem um visto de estudante no passaporte?
E: Porque eu nao preciso. Vou passar menos de 3 meses.
SP: Ah, mas voce precisa
E: Nao preciso
SP: Precisa...
(repitar indefinidamente até cansar :)
SP: va ali, na sala da policia da imigracao que eu vou mandar seus documentos pra lá.

Cara, foram 2 horas e meia de espera!! E tem mais, quando eu cheguei lá, vi um espanhol preenchendo uma tabela, cujo título era: "Passageros No Admitidos" e meu nome estava lá! Que medo de ter que voltar pra casa! Rezei pra tudo que é santo nesse mundo de Deus! Mas depois caiu a ficha: aquela tabela tinha o nome de TODOS os que tinham sido mandado pra sala. Entao eu tinha chance de ficar :) E fiquei, depois de um tempao esperando. Quando me devolveram meus documentos (e passagem), pude passar pela polícia e pegar o vôo. So que eu ja tinha perdido meu vôo. Tive que pegar outro. O vôo estava marcado para 08:55 e já era 09:00. Acabei tendo que ir num vôo as 14:55.

Bem, aproveitei pra ligar pra minha família, minha noiva e pra família que ia me buscar no aeroporto. Desenrolei todo meu (parco) alemao e consegui explicar para a senhora Gerlach que eu tinha perdido o vôo e disse que horas eu ia chegar em Berlim.

Como eu só ia depois do almoco, tive que comer no aeroporto. Tomei a agua mais cara da minha vida (1 euro) e comi os 2 pedacos de pizza tambem mais caros (3.65 euros por fatia). Ainda bem que eu ja tinha sido avisado por amigos que eu tenho que pensar em termos absolutos no valor da comida: o que no Brazil custa 1 real vai custar 1 euro na Europa.

Ah! Quase perdi novamente o vôo! :) É que eu tive que esperar tanto tempo que eu acabei dormindo na cadeira (fazia umas 20 horas que eu estava acordado). Eu tinha colocado o despertador pra 10 minutos antes da hora de embarque e só acordei 15 minutos antes do aviao DECOLAR! Ainda bem que tinha mais gente atrasada e o próprio vôo atrasou :)

O vôo pra Berlim foi tranquilo e eu pude dormir a viagem quase toda. Chegando lá, supresa, minha bagagem nao tinha ido no vôo que eu perdi, e sim, no vôo que eu fui! Um aperreio a menos :) Quando eu saí da área de desembarque, o senhor Gerlach estava me esperando com um crachá da GLS. Finalmente alguém com quem eu pudesse conversar! Ele me levou pra casa onde eu ia ficar. Pegamos um ônibus e depois o metrô (U-Bahn) para Alt-Mariendorf. Da estacao até a casa sao uns 600 metros A PÉ, no frio! Acho que a temperatura era de 1 grau E eu estava sem luvas. Ficava trocando a mao que puxava a mala para esquentá-las. :)

Chegando na casa, constatei que minha mae teria um troco se lá entrasse: uma bagunca do carai! Cheio de tapetes espalhados pela casa por causa do frio, roupas pendurados onde desse, uma cozinha cheia de pacotes espalhados, etc. Ao menos meu quarto eh arrumadinho :) Tem uma cama, uma televisao, um armario, uma lamparina, uma cadeira e uma mesinha.

A senhora Gerlach é bem simpática e MUITO gorda! Nao imagino como é que ela consegue tomar banho no banheiro pequeno da casa (vai ver ela nao toma :). Eu paguei por um quarto sem direito a comida (eu teria que comprar minha própria comida). Mas, ela disse que mesmo assim ia me da cafe da manha e jantar e só o almoco seria por minha conta!! :)

Bem, agora que eu estava em casa, liguei pro meus pais. Minha mae chorou quando ela finalmente falou comigo :( Estavam voltando da casa de praia e eu pedi que ligassem pra mim quando chegassem. Liguei pra Karina, que também chorou mas ficou tranquila por saber que eu estava vivo :) Logo depois meus pais ligaram e eu pude conversar melhor com eles. Ficaram mais tranquilos.

Depois de todos devidamente comunicados, foi desarrumar minha mala e guardar minha roupa. Dona gerlach nao me fez restricoes quanto ao banho e aproveitei pra tomar um demorado :) Nao quis jantar porque eu tava com MUITO sono (ja era 10 da noite e fazia umas 36 horas que eu tinha deixado o brasil). Fui direto dormir. Ou quase...
Quando eu deitei, a ficha caiu: estou sozinho, sem pai, mae, irma, primo, cachorro, noiva... Q saudade do caralho! Chorei e liguei pra Karina. Choramos um pouco juntos e depois eu me acalmei, desliguei e fui dormir. É, o primeiro dia foi foda! Mas dias melhores virao. :)


icc

3 Comments:

  • Ai q se eu estivesse no teu lugar, tinha chorado tanto para o Seu Polícia :P
    Qto à saudade, fique assim não, os primeiros dias são os piores, depois as coisas acalmam, tem tanta coisa para vc conhecer q vc vai querer ver tudo para contar para todo mundo depois :)
    Se divirta mto, ainda bem q a sra Gerlach deixou vc tomar banho não cronometrado :P hehehe.

    bjão,
    Nacha

    By Anonymous Anônimo, at 2:41 PM  

  • Quanto a problemas com policia acho que Bel podia te dar umas aulas :):)
    Mas é isso aih amigo igor... quanto à saudade, a gente mata pelo MSN, num é grande coisa, mas é melhor que nada!!

    Grande Abraço.
    Mouse

    By Anonymous Anônimo, at 3:10 PM  

  • R$ 30 por dois pedaço de Pizza??!!!! Nossa, ao menos diga que estava gostosa. Hehehehe... E eu que achei ruim pagar R$ 28 por uma pizza grande na Pizza do Paulista...

    Olha, desse jeito esquece CD, DVD, o escambau...

    E, meu velho, vc escreve bem pra caralho. Pode pensar em escrever um livro...

    André

    By Anonymous André Cananéa, at 2:03 AM  

Postar um comentário

<< Home